Sempre que me convidam para dar uma palestra ou workshop a jovens, preocupo-me em enviar antecipadamente um questionário, de forma a poder ter alguns dados sobre a comunidade de alunos que vou encontrar. Uma das perguntas é : “Qual O Teu Maior Sonho?”. Eu acrescento a palavra maior à questão, na tentativa de que eles percebam que eu quero saber o que realmente gostariam eles de Ser no futuro, e não o que lhes é permitido Ser. Gostaria que esse Maior os fizesse voar na imaginação de todas as impossibilidade possíveis. Diria que a maioria confunde o Sonho com um objetivo, ter dinheiro, acabar o meu curso, viajar…. tudo isto pode obviamente ser um Sonho, mas a meu ver, apenas se acompanhado de um significado.


No entanto há aqueles (bastantes) que respondem “Ter Um Emprego e Uma Vida Estável”……. Ora bem “Ter Um Emprego e Uma Vida Estável” dito assim, é na minha opinião a antítese do Sonho. O caminho para uma vida sem Sonhos! Ter um emprego não pode em si ser um sonho!!! Só o será se estiver associado a uma grande paixão ou interesse. O emprego por si só não é um um sonho. Deveria ser aliás um direito adquirido! E do que dizer da dita “vida estável”?!?


Não há maior armadilha a uma vida preenchida e realizada do que a estabilidade. A estabilidade como a nossa sociedade a idolatra, pressupõe um pacto com o Diabo! Implica que se abdique quase por inteiro das nossas paixões, dos nossos interesses dos nossos Sonhos enfim … de Nós!!! No entanto sem o mínimo de estabilidade também não nos será permitido Sonhar, pois se estivermos a lutar para sobreviver, dificilmente teremos a tal “liberdade” para explorarmos os nossos interesses, paixões e sonhos.

Então o que fazer?! Não há receitas nem mapas do tesouro que sirvam a todos. Mas o que tenho experienciado e observado, é que aqueles que têm a audácia de resistir à primeira “tábua de salvação” (leia-se emprego sem significado), que lhe passa à frente, e que desenvolvem a capacidade de saber lidar com a incerteza e vulnerabilidade de uma vida menos estável, são aqueles que ao longo do tempo se permitem dedicar aos seus sonhos, e invariavelmente acabam a ser reconhecidos como Ovelhas Amarelas, conquistando assim o tal emprego “de Sonho” e vida estável mas…….. com significado!

Fácil ?!? Claro que não!!!….. Mas quem disse que ia ser?!?

#KeepDreaming

Texto da Autoria de Rui Loureiro mentor do Projeto Sonhadorismo