Muitas vezes confunde-se O Sonho de se ser feliz, com o ser-se feliz a toda a hora e a todo o momento. Se tivermos a sensação de que somos permanentemente felizes, então corremos o grande risco de sermos tontos!
O Sonhadorismo tem como grande objetivo devolver ás pessoas a capacidade de acreditar e lutar pelos seus sonhos, convidando-as a procurarem e conectarem-se com as suas motivações intrínsecas, e que a partir daí sigam o seu coração.
Este será sempre um processo em que momentos menos bons estarão presentes. Por variadíssimas razões. Seja porque  temos de nos confrontar com receios, expectativas, incertezas e vulnerabilidades, seja porque não encontramos o apoio que desejaríamos, ou simplesmente porque há sempre dias menos bons.
O mais difícil é quando achamos que encontrámos o trilho certo, e muitas vezes sem razão aparente, a motivação vai-se, a visão fica um pouco mais turva, a sensação de realização não é mais a mesma…..
Durante algum tempo da minha vida, convivi mal com estes períodos de “estagnação”. Não compreendia como podia de repente e apesar de tudo estar nos eixos, sentir-me tão desmotivado, tão pouco realizado. Era tempo para a frustração e ansiedade gritarem……. “presente”!
Ora foi precisamente por constatar que não haveria razão aparente que justificasse estes períodos de estagnação, que os passei a considerar “normais”. São fases, ciclos….. contra os quais decidi não lutar. Não que pare ou desista do meu sonho ou objetivo, apenas aceito a condição e vou avançando mais devararinho.
Visualizo estas fases como os momentos em que uma folha, depois de percorrer quilómetros e quilómetros sempre em grande velocidade rio abaixo, encontra um galho de uma árvore caída na margem e aí fica parada…. Nada lhe resta fazer senão aceitar, contemplar a vista,  respirar,  ganhar fôlego,  para que no dia em que igualmente sem razão aparente a corrente a volte a resgatar do ramo da árvore,  seguir o seu caminho……
#KeepDreaming